MINHA VIDA

...

Persistência é o meu lema.

Na certidão, Otelio Drebes. Gosto do meu nome, escolhido por meu pai, com o aval da minha mãe. Decisão importante a escolha do nome, pois nós o carregamos para sempre.Mas quem somos de verdade, vai além do nome. Somos os registros que vamos deixando pelo caminho.

Com 87 anos, continuo me sentindo um menino. Não porque nego a idade e o valor que o passar dos anos me trouxeram. Mas porque gosto de viver o agora, com vontade da descoberta, me reinventado com alegria e simplicidade. Como faz uma criança: sempre intensa e verdadeira.



Aos 6 anos eu só falava o dialeto alemão. Não sabia sequer uma palavra em português. Hoje desbravo o mundo das palestras. Sinto-me um vitorioso. Pleno, cheio de vontade de viver. Em minha memória, percebo que eu já tinha jeito para negociar desde a infância. Na colônia gaúcha, caminhava mais de 4km para vender rapadura. E já sentia o gosto de ganhar dinheiro. Foi ali que me deparei, pela primeira vez, com a construção de um negócio. Da matéria-prima ideal às estratégias para vencer a concorrência.

Invista na sua saúde, dedique um tempo para você. Ame-se!

...

A família é meu maior tesouro.

Casei cedo. Tenho três filhos, seis netos, dois bisnetos e uma história linda que durou 48 anos. Despedidas fazem parte. Elas são oportunidades para construirmos uma nova história ao lado de alguém especial, que nos faz feliz.

Minha escola foi e continua sendo a vida. Tenho muitos projetos por vir. Bastante a realizar. Mas, como sempre digo, dando um passo de cada vez, com disciplina e foco. E sempre para frente.